Prezados Aluno(as), 

O semestre 2016.2 da Unidade Acadêmica de Educação a Distância e Tecnologia da Universidade Federal Rural de Pernambuco iniciará no próximo dia 24 de outubro do corrente, então será muito importante que todos vocês fiquem atentos ao Calendário Acadêmico disponível abaixo, para acompanharem as datas e demais atividades ofertadas por esta instituição. 

Atenciosamente, 

 A Coordenação de Cursos.





Prezados(as) Alunos(as) da UFRPE,

Sejam bem vindos(as)!
O semestre 2016.1 já começou! fiquem atentos(as) ao CALENDÁRIO ACADÊMICO, e organizem seu horários de estudo. Se liguem nos encontros presenciais!
Estamos sempre à sua disposição! 
Viajem no mundo da EAD, através do vídeo abaixo!
Bons Estudos!
A direção.
Com o intuito de difundir comunicação através das Rede Sociais, a unidade Acadêmica de Educação a Distância da UFRPE criou nesta última segunda-feira(09/05), a Página Oficial do Facebbok. Para ficar antenado com as informações e noticias da EAD e da Instituição como um todo,  é só acessar a página: UAEADTec-UFRPE, curtir e navegar.

Esperamos você lá!



Professores efetivos dos anos finais do ensino fundamental e médio, que ainda não tiveram a oportunidade de se graduar nas disciplinas que lecionam, podem fazê-lo por intermédio da Rede Universidade do Professor. O Ministério da Educação está oferecendo 105 mil vagas de nível superior para a formação inicial e continuada de professores da rede pública de ensino.
As inscrições podem ser feitas ATÉ 05 DE MAIO, na internet, pela Plataforma Freire, no Portal do MEC. Na modalidade a distância, no âmbito do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB), são ofertados os cursos de primeira licenciatura. E, na modalidade presencial regular, a segunda licenciatura, respeitadas as vagas remanescentes das instituições federais de ensino superior. Os cursos de licenciatura oferecidos são em matemática, química, física, biologia, letras-português, ciências, história e geografia. E as aulas começam a partir do segundo semestre de 2016.
De acordo com o último censo escolar, o Brasil possui 200 mil professores da rede pública de ensino sem formação na própria área de atuação. Para o ministro Aloizio Mercadante, não há como melhorar a educação pública se não houver melhora na formação continuada dos professores. “Estamos oferecendo vagas para esses professores completarem a sua formação e assim poderem dar um salto de qualidade em sala de aula”, avaliou.
O ministro ressalta a vantagem do uso da educação a distância combinada com a educação presencial. “Mesmo com todas as dificuldades, os professores estão se matriculando e querendo estudar. O que é excepcional, principalmente em educação a distância, porque eles continuam os estudos onde moram, no interior, sem prejuízo de jornada de trabalho, fazendo a complementação nos horários que têm.”
Mercadante lembrou que o Conselho Nacional de Educação (CNE) ajustou as diretrizes curriculares para agilizar a formação desses professores. Ao invés de 3,6 mil horas, que é um curso médio de formação, esses profissionais poderão concluir sua formação superior em 700, 900 ou em 1,8 mil horas, dependendo de cada caso. “Não é um curso de graduação completo, ele vai fazer uma trajetória muito mais rápida de formação”, afirmou. “E fazendo tudo isso sem custo nenhum”, finalizou.
Acesse a Plataforma Freire, onde pode ser feita a inscrição
Assessoria de Comunicação Social
Ministério da Educação 

Blogroll